RCN12
Planalto Studio
Publicite

Policia nacional detém fabricante de pistolas artesanais usadas pelos meliantes em Cabinda

Os efectivos da policia nacional em Cabinda detiveram recentemente um cidadão nacional que se dedicavam na prática de fabricação de armas artesanais supostamente usadas pelos meliantes.

Por Teresa Cabari em 15/11/2021 às 07:37:59
Policia nacional detém fabricante de pistolas artesanais usadas pelos meliantes em Cabinda

Policia nacional detém fabricante de pistolas artesanais usadas pelos meliantes em Cabinda

Segundo as informa√ß√Ķes divulgadas pelo Ministério do Interior, a deten√ß√£o resulta no √Ęmbito da opera√ß√£o 45 Graus levada a cabo pelo referido ministério naquela província, que em cumprimento de mandados de revistas, buscas e apreens√Ķes, realizaram micro-opera√ß√Ķes consubstanciadas em 2 buscas dirigidas, nas aldeias de Ndungo Buba e Chiobo, comuna do Tando-Zinze, município de Cabinda, que resultaram no desmantelamento de 2 focos de produ√ß√£o e venda de armas ca√ßadeiras e pistolas artesanais.

Na ocasi√£o foi detido 1 suspeito e apreendidas 10 armas do tipo ca√ßadeira, bem como v√°rios instrumentos de produ√ß√£o de armas, designadamente 58 cartuchos de diversos calibres, sendo 6 cheios e 52 vazios, 16 tubos, 40 canos, 4 mecanismos, 3 tornos, 4 berbequins manuais, 1 alicate, 5 discos de serra, 1 compressor de ar manual, 1 m√°scara de soldar, 3 caixas com ferramentas diversas, 2 cabos de soldar, 2 rebarbadoras, 4 martelos, 1 pé-de- cabra, 1 alicate de corte e 1 nível de constru√ß√£o.

O detido, um cidadão de 56 anos, natural de Cabinda, residente na aldeia de Cácata, localidade de Ndungo Buba. Foi encontrado em posse de 37 cartuchos de diversos calibres, 16 tubos, 12 canos, 4 mecanismos, 4 armas do tipo caçadeira, 2 torno e 1 berbequim, porquanto os demais meios foram apreendidos noutra residência, cujo proprietário se colocou em fuga, ao perceber a presença policial no local.

O suspeito detido, auto-confesso disse exercer a arte, fabrico e venda de armas artesanais, há mais de três anos, fornecendo armas a pessoas que o solicitem, no valor de 35 mil a 40 mil kwanzas dependendo do seu calibre.

Após a formaliza√ß√£o da deten√ß√£o, o acusado foi apresentado ao Ministério público para que este tome as devidas provid√™ncias.

Comunicar erro
Restaurante

Coment√°rios

Banner_Animado_Planalto_Studio