RCN12
Planalto Studio
Publicite

Começa hoje em todo o país o processo de candidaturas para admissão de novos professores

O processo de candidaturas ao concurso público do Ministério da Educação para a admissão de mais de sete mil novos professores começa oficialmente hoje, segunda-feira, 15 de Novembro, em todo o país.

Por Teresa Cabari em 15/11/2021 às 06:19:42
 Começa hoje em todo o país o processo de candidaturas para admissão de novos professores

Começa hoje em todo o país o processo de candidaturas para admissão de novos professores

De acordo com os requisitos exigidos pelo ministério da educação cuja vagas são para preenchimento de um total de sete mil e quinhentos novos professores, que irão reforçar o sector, nos próximos tempos os candidatos devem ter formação nas Escolas do Magistério Primário, e Institutos Superiores Pedagógicos.

O referido concurso que vai decorrer de 15 de Novembro a 10 de Dezembro, prevê a admissão de 322 professores para o ensino primário e secundário do 3º grau, bem como 323 docentes do ensino primário e secundário do 6º grau.

Segundo explica o director provincial da educação em Benguela em declarações à Rádio Nacional, Edmundo Salupula, o processo de inscrição arranca oficialmente hoje e o sector da educação na província disponibiliza 645 vagas.

"Este processo vai decorrer de 15 de Novembro a 10 de Dezembro, estamos a falar do processo de inscrições para o provimento de 645 vagas das quais 322 para professores do ensino primário e secundário do 3º gau, que são aqueles que são habilitados com o ensino médio, e temos o 323 vagas para professores do ensino primário e secundário do 6º grau, candidatos habilitados com a licenciatura".

Edmundo Salupula explicou ainda que os directores municipais da educação vão afixar os requisitos exigidos pelo Ministério nas referidas instituições onde serão feitas as inscrições e recolhas de documentos.

"As direcções municipais vão afixar toda documentação necessária em todos os municípios para que os candidatos possam ter contacto com os requisitos necessários para a candidatura"

Em conclusão, o responsável da educação em Benguela afirmou que para os professores técnicos médios irão ser feito o recrutamento apenas para lecionar no ensino primário e primeiro ciclo, salientando que o recrutamento destas áreas não serão feitos nos municípios do Lobito, Catumbela e Benguela, por estes três municípios, segundo Salupula, têm estado a receber muitos professores transferidos do interior de outros municípios.

"Para os técnicos médios, vamos recrutar professores para o ensino primário e professores para o primeiro ciclo de acordo com a necessidade de cada município".

Fonte: Camunda News

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio