RCN12
Planalto Studio
Publicite

MILITARES EM CARTUM REFORÇAM SEGURANÇA AP"S TENTATIVA DE GOLPE NO SUDÃO

Golpistas tentaram tomar estações oficiais de rádio e televisão e prender membros do Conselho Soberano. Antigos integrantes do regime de Omar al-Bashir, são suspeitos de orquestrar tentativa de golpe de Estado.

Por Divania Nascimento em 22/09/2021 às 13:39:20

As autoridades sudanesas alegam que a tentativa de golpe de Estado, esta terça-feira, 21, foi arquitectada por um grupo de militares e civis, mas garantem que o Conselho Soberano e os militares têm a situação sob controlo.

Em declarações á Televisão estatal daquele país, o ministro da Cultura e Informação, Hamza Baloul, afirmou que as forças de segurança prenderam as pessoas que planearam o golpe, e que os detidos teriam sido interrogados depois de os militares controlarem o acampamento do corpo blindado a sul de Cartum.

Baloul, que é também o porta-voz do Governo, referiu que as autoridades estavam a perseguir "remanescentes" do regime de Omar Al-Bashir, e que por sua vez são suspeitos de terem participado no golpe de estado.

Abdalla Hamdok, primeiro ministro, também culpou ex-integrantes do Governo de al-Bashir, descrevendo assim o incidente como um esforço para minar a transição democrática do Sudão.

O mesmo acrescentou que o que aconteceu é um golpe orquestrado por facções de dentro e de fora das forças armadas.

Hamdok, o rosto civil do Governo sudanês, falou durante uma reunião de emergência no Gabinete, que também foi transmitida na televisão estatal, explicitando que o episódio "sublinha a necessidade de uma revisão completa, clara e transparente da transição".

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio