RCN12
Planalto Studio
Publicite

Policia Nacional detém pastor que vendia armas e dois violadores da Capelinha do Monte

Os efectivos da policia nacional no Lubango, província da Huila, detiveram recentemente um pastor que vendia armas de fogo e dois jovens que violavam e faziam assaltos na capela de Nossa Senhora do Monte, na cidade do Lubango.

Por Teresa Cabari em 09/09/2021 às 13:21:56
Policia Nacional detém pastor que vendia armas e dois violadores da Capelinha do Monte

Policia Nacional detém pastor que vendia armas e dois violadores da Capelinha do Monte

A informa√ß√£o foi avan√ßada à Camunda News pelo porta-voz da policia nacional na Huila, José Tongo, que explica que os efectivos detiveram tr√™s cidad√£os dois dos quais por pratica de crimes de viola√ß√£o e um suposto pastor de uma denomina√ß√£o religiosa evangélica que vendia armas de fogo a marginais no Lubango que protagonizavam assaltos às noites nas imedia√ß√Ķes do cemitério.

Os cidad√£os afirmam que a capelinha do Monte tem sido cen√°rio de muita viol√™ncia por parte dos marginais que chegam até mesmo a tirar a vida de muitos inocentes.

Um dos munícipes em declara√ß√Ķes à Camunda News, revelou que um dos casos mais recentes que se registou naquela zona foi o de uma jovem de apenas 20 anos de idade que havia sido violentada por indivíduos n√£o identificados.

O munícipe, explica ainda que os supostos marginais t√™m estado a controlar o movimento das pessoas a partir do monte de cima, perto de onde est√° localizada a Capelinha.

Por agora, por meio de uma opera√ß√£o montada pela policia nacional foi possível deter os supostos autores de diversos crimes, tendo caído nas armadilhas criadas pelos efectivos da policia nacional.

No entanto um dos supostos meliantes que responde pelo nome de Hermenegildo, nega todas as acusa√ß√Ķes feitas à seu respeito pela policia nacional e alega ser inocente.

"De repente a policia aparece, nós também como n√£o fizemos nada n√£o temos como fugir, paramos e nos levaram até aqui. Disse ele

Os efectivos da policia acusam o "segurança" de ser o informante dos supostos marinais, mas, no entanto, ele nega tal acusação.

"Quando sobem l√° em cima, eu fico aqui em baixo".. afirma ele alegando n√£o saber de nada que se passa com aqueles supostos turistas.

Mas, o porta-voz da policia rebate as alega√ß√Ķes do seguran√ßa afirmando que o mesmo tem facilitado a entrada dos "meliantes" na capelinha.

Por outro lado, o pastor detido por posse de arma de fogo carregado com cerca de 10 moni√ß√Ķes acusado de venda ilegal de armas que servia em muitos casos, para fins criminosos, afirmou que a sua ac√ß√£o deve-se ao estado de desemprego em que ele se encontra a j√° cinco meses.

"Estou desempregado a cinco meses, para ser sincero é que meu filho est√° a perder nessa altura as propinas, batendo portas foi difícil, ent√£o me apareceu essa proposta e estava l√°".

Fonte: Camunda News

Comunicar erro
Restaurante

Coment√°rios

Banner_Animado_Planalto_Studio