RCN12
Planalto Studio
Publicite

Promotores ruandeses pedem prisão perpétua contra Paul Rusesabagina

Os promotores ruandeses pediram prisão perpétua para Paul Rusesabagina, o homem que inspirou o filme "hotel Ruanda", por salvar centenas de tutsis do genocídio em Ruanda em 1994.

Por Teresa Cabari em 18/06/2021 às 08:30:04
Promotores ruandeses pedem prisão perpétua contra Paul Rusesabagina

Promotores ruandeses pedem prisão perpétua contra Paul Rusesabagina

Paul Rusesabagina, enfrenta nove acusações, dentre elas, incluem o terrorismo, relacionadas a ataques por um grupo armado dentro de Ruanda em 2018 e 2019 que mataram pelo menos nove pessoas.

De acordo com o Africa News, os promotores acusam o antigo "herói" ruandês de "formar um grupo armado irregular", "pertencer a um grupo terrorista" e "financiar o terrorismo".

No entanto, Paul Rusesabagina, negou as acusações, dizendo que seu caso tem motivação política em resposta às suas críticas ao presidente de Ruanda, Paul Kagame, afirmando que tinha sido sequestrado no ano passado enquanto visitava Dubai e levado para Ruanda, onde foi acusado.

Porém, o tribunal ruandês negou as suas alegações de sequestro e afirma que Paul Rusesabagina estava viajando para Burundi para coordenar com grupos armados baseados naquele país e na república democrática do congo (RDC).

A família também alegou que Paul Rusesabagina não tinha acesso a comida e água, o que a administração penitenciária de Ruanda negou.

Este caso recebeu atenção mundial. pelo que, a Fundação Lantos para direitos humanos e justiça disse que protocolou um pedido formal aos EUA recomendando sanções contra o ministro da justiça de Ruanda, Johnston Busingye, e o chefe do bureau de investigação de Ruanda, coronel Jeannot Ruhunga, por seu papel em sua detenção.

Fonte: Camunda News

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio