RCN12
Planalto Studio

No Huambo: UNITA acusa MPLA de estar a influenciar cidadãos para negar naturalidade de ACJ

A UNITA, maior partido na oposição em Angola, acusa o MPLA de tentar influenciar cidadãos na província do Huambo a negar a naturalidade de Adalberto Costa Júnior.

Por Horácio Bapolo em 08/04/2021 às 09:21:21
Albertina Navita Ngolo, secretária provincial da UNITA, no Huambo

Albertina Navita Ngolo, secretária provincial da UNITA, no Huambo

A secretária provincial da UNITA no Huambo, Navita Ngolo, disse em entrevista à CamundaNews, que uma equipa ligada ao partido no poder e aos serviços de inteligência foi vista recentemente, no município de Chinjenje, a fazer um levantamento de dados sobre o local de nascimento e de baptismo do presidente da UNITA.

De acordo com Navita Ngolo, a equipa pretendia obter informações que pudessem comprometer dados relacionados com o local de nascimento de Adalberto Costa Júnior.

À CamundaNews, Navita Ngolo contou que cidadãos, entidades religiosas e tradicionais no Chinjenje estavam a ser convidadas a prestar falso testemunho, impelidas a faltar com a verdade com a afirmação pública de que Adalberto Costa Júnior terá sido levado ao município do Chinjenje pelos seus pais, quando este tinha cinco anos de idade.

Fonte: CamundaNews

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio