RCN12
Planalto Studio

Agência Europeia do Medicamento assume ligação dos coágulos sanguíneos raros a vacina da AstraZeneca

O regulador europeu da sa√ļde medicamentosa disse esta quarta-feira que co√°gulos sangu√≠neos raros, por vezes mortais, s√£o um efeito colateral potencial da vacina da AstraZeneca.

Por Administrador em 07/04/2021 às 12:52:55

A Ag√™ncia Europeia do Medicamento (EMA) divulgou que tem dito aos profissionais de sa√ļde e às pessoas que recebem a vacina para que "permanecerem cientes" da possibilidade de que casos muito raros de co√°gulos sangu√≠neos, combinados com n√≠veis baixos de plaquetas, podem ocorrer nas duas semanas após a vacina√ß√£o.

Até agora, a maioria dos casos relatados ocorreu com mulheres com menos de 60 anos de idade, disse o regulador, mas afirmou que ainda n√£o foi poss√≠vel determinar se grupos espec√≠ficos corriam mais risco do que outros.

A EMA deixou ao critério das autoridades de sa√ļde de cada Estado-membro o que fazer relativamente ao uso da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca.

A vacina produzida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford tem estado sob intenso escrut√≠nio cient√≠fico desde o in√≠cio do m√™s passado, quando uma enfermeira de 49 anos morreu de complica√ß√Ķes devido a co√°gulos sangu√≠neos após ter sido vacinada, o caso ocorreu na Áustria.

Mas outros casos ocorreram em toda a Europa, levando alguns pa√≠ses a suspender o uso da vacina até que fossem feitas an√°lises cient√≠ficas.

As preocupa√ß√Ķes est√£o centradas numa condi√ß√£o rara de trombose cerebral (CVST) devido à forma√ß√£o de um co√°gulo que impede a drenagem do sangue ao cérebro. Os reguladores admitem que est√° a acontecer entre os vacinados numa uma taxa acima do que se esperaria na popula√ß√£o normal.

O an√ļncio desta quarta-feira é o mais recente golpe para a vacina que foi apontada como um elemento chave para ajudar a debelar pandemia, uma vez que é uma vacina barata e de f√°cil armazenamento.

Os casos preocupantes s√£o pequenos em n√ļmero. A Gr√£-Bretanha documentou os co√°gulos graves numa percentagem de um para 500 mil. Porém, a EMA estimou o risco para menores de 60 anos em cerca de 1 em 100 mil.

Comunicar erro
Restaurante

Coment√°rios

Banner_Animado_Planalto_Studio