RCN12
Planalto Studio

Técnicos de saúde do Hospital Divina Providência decretam greve

Mais de 400 profissionais de saúde entre médicos, enfermeiros e administrativos do Hospital Divina Providência, localizado no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, estão em greve desde segunda-feira, dia 5.

Por Márcia Cordeiro em 07/04/2021 às 10:36:37
Técnicos de saúde do Hospital Divina Providência decretam greve

Técnicos de saúde do Hospital Divina Providência decretam greve

Os médicos e enfermeiros daquela unidade hospitalar reivindicam ajustes de salários e de categorias assim como melhores condições laborais.

Segundo o coordenador da comissão sindical Hermenegildo Carlos, que falava nessa terça-feira à TV zimbo, a reposição dos subsídios suspensos, equiparação salarial aos técnicos de saúde da função pública, acerto de categorias, pagamentos de subsídios de transporte e melhoria na alimentação são os principais pontos do caderno reivindicativo.

O director do hospital, Miranda André Panzo, justifica a dificuldade em garantir o cumprimento das exigências dos trabalhadores por conta da actual situação financeira da instituição, que se revela "cada vez mais difícil", o que obrigou o conselho de direcção do hospital em ter que suspender, temporariamente, as refeições de todos os colaboradores".

Por outro lado, o diretor do hospital diz que os grevistas, não estão a salvaguardar os serviços mínimos previstos por lei e ainda estão a criar dificuldades a outros profissionais que não aderiram a greve.

De referir que esta é a primeira fase da greve que decorre até Sexta-feira, sendo que terminado este período, os funcionários garantem que vão prolongar a paralisação por mais 30 dias e depois retomar a greve "de forma progressiva" até verem atendidas as reivindicações.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio