RCN12
Planalto Studio

"MPLA não pode querer um presidente a seu gosto para UNITA", diz Alexandre Libertador

O político Alexandre Dias dos Santos Libertador, membro do comité provincial da UNITA, advertiu hoje, em breve entrevista à CamundaNews, que o MPLA não pode e que jamais conseguirá alcançar os seus intentos de ter um "presidente da UNITA a seu gosto".

Por António Zacarias em 02/04/2021 às 12:37:00
Alexandre Dias dos Santos Libertador, membro da UNITA

Alexandre Dias dos Santos Libertador, membro da UNITA

Alexandre Dias dos Santos Libertador fez estas advertências em reacção aos argumentos de que a UNITA devia realizar um congresso extraordinário com o objectivo de se afastar Adalberto Costa Júnior da presidência daquele partido.

A pressão para que a UNITA substitua Adalberto Costa Júnior está a vir de militantes do próprio Galo Negro que têm, com a cobertura da imprensa, anunciado renúncia do partido ou de cargos que ocupam, sendo que a sugestão está a ser bem acolhida por alguns comentaristas com alguma aproximação ao MPLA.

Para a UNITA, segundo Alexandre Dias dos Santos Libertador, esses quadros da UNITA estão apenas a manifestar uma vontade do partido no poder, no quadro da "compra de consciência".

Durante a breve entrevista que concedeu numa das sínteses informativas da TV online da CamundaNews, Alexandre Dias dos Santos Libertador falou também do processo judicial movido contra si pela militante do MPLA e antiga vice-governadora do Huambo, Maricel Capama.

A militante do MPLA e comentarista do programa "Política no Feminino" da Televisão Pública de Angola fez recurso à justiça pelo facto de, num comício, Alexandre Dias dos Santos Libertador ter considerado que a mesma não passa de "gatuna de marido".

Fonte: CamundaNews

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio