RCN12
Planalto Studio

UNITA pede audição da ministra das Finanças por conta dos despedimentos no BPC

O Grupo Parlamentar da UNITA submeteu nessa terça-feira, dia 30, ao gabinete do presidente da Assembleia Nacional, vários pedidos de audição de diversos responsáveis governamentais, com destaque para a ministra das Finanças, Vera Daves, visando obter esclarecimentos sobre os despedimentos que estão a ser desencadeados no Banco de Poupança e Crédito (BPC).

Por Horácio Bapolo em 31/03/2021 às 10:30:57
Liberty Chiaka, presidente do Grupo Parlamentar da UNITA

Liberty Chiaka, presidente do Grupo Parlamentar da UNITA

Além da ministra das Finanças, o "Galo Negro" quer também ouvir o governador do Banco Nacional de Angola e o Presidente do Conselho de Administração do BPC.

O referido banco está a realizar despedimentos e a encerrar agências no âmbito de um programa de reestruturação e recapitalização concebido pelo novo Conselho de Administração do banco chefiado pelo economista António André Lope.

Segundo o programa de reestruturação do BPC, serão despedidos cerca de 2 mil trabalhadores (quase já foram todos despedidos), e deverão ser encerradas cerca de 73 agências.

Para Liberty Chiaka, presidente da bancada Parlamentar da UNITA, "é urgente" que esses responsáveis sejam ouvidos, dado que "o BPC está praticamente falido por culpa dos que dele se serviram para fins pessoais e do seu partido".

"A PGR tem os nomes, mas não exerce as competências constitucionalmente consagradas para investigar e eventualmente acusar os prevaricadores", declarou Liberty Chiaka, acrescentando que o seu grupo parlamentar está disponível para "ajudar, aconselhar e sugerir possíveis caminhos.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio