RCN12
Planalto Studio
Publicite

Presidente João Lourenço inaugura Parque Tecnológico da Huawei

O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou, esta segunda-feira, em Luanda, o primeiro Parque Tecnológico da Huawei em Angola.

Por CSP em 14/11/2022 às 12:35:58
DR

DR

Localizado no distrito de urbano de Talatona, o Parque Tecnológico da Huawei está orçado em mais de 80 milhões de dólares e foi inaugurado nesta segunda-feira, dia 14 de Novembro, pelo Presidente João Lourenço.

Parque Tecnológico da Huawei vai formar com qualidade de padrão internacional, de acordo com o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira.

"o Parque Tecnológico da Huawei hoje inaugurado e equipado com tecnologia de última geração vai possibilitar a formação com qualidade de padrão internacional", afirmou o ministro no momento da inauguração que contou com a presença do Chefe de Estado.

"A infraestrutura vai também formar quadros oriundos de países do continente africano, em particular da região da SADC, tendo em conta as potencialidades tecnológicas aqui instaladas", disse, ainda, Mário Oliveira.

O parque tecnológico da Huawei Technologies em Luanda é o terceiro em África, depois do Egito e da África do Sul.

O embaixador chinês em Luanda, Gong Tao, que interveio após a visita do chefe do executivo angolano às novas instalações da multinacional, sublinhou que a Huawei atribui grande importância às suas responsabilidades sociais e à promoção do conhecimento tecnológico.

"Este investimento visa promover o desenvolvimento inovador, transformação digital e crescimento dos talentos de Tecnologias de Informação e Comunicação em Angola", disse o diplomata chinês, reforçando que China e Angola são como "irmãos e bons amigos" que se ajudam.

Acrescentou que os dois países querem acelerar o alinhamento das estratégias de desenvolvimento e aprofundar a cooperação no domínio da tecnologia, economia digital, e formação de recursos humanos.

O parque tecnológico vai assegurar a formação de mais de 10 mil angolanos, bem como docentes de cursos técnicos e tecnológicos de universidades angolanas, até 2027.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio