RCN12
Planalto Studio
Publicite

Morreu o actor que assassinou brutalmente Daniella Perez

Guilherme de Pádua morreu aos 53 anos, vítima de um ataque cardíaco, na sua casa em Belo Horizonte, no Brasil.

Por CSP em 07/11/2022 às 10:01:14
DR

DR

Guilherme de Pádua, o homem que matou Daniella Perez, filha de Glória Perez, aos 22 anos, morreu este domingo, dia 6 de Novembro.

A notícia foi avançada por um representante da Igreja Batista da Lagoinha, já que Guilherme de Pádua se converteu à religião e se transformou em pastor depois de ter estado preso sete anos (foi condenado a 19) pelo crime de homicídio da actriz e sua colega, Daniella Perez.

Em 1992, Daniella Perez, 22 anos, era Yasmin na novela da mãe, De Corpo e Alma, e contracenava com Guilherme de Pádua, 23 anos, com quem tinha uma relação na ficção. Nesse ano, em 28 de Dezembro, o corpo da actriz foi encontrado num mato da zona oeste do Rio de Janeiro com 18 perfurações, a maioria perto do coração, segundo a Folha de São Paulo.

A arma nunca foi encontrada. Guilherme de Pádua e a mulher, Paula Thomaz, que estava grávida do actor, planearam o crime que chocou o Brasil. A mulher teria ciúmes da relação ficcional e o actor estava descontente com a sua presença que ia diminuindo na história.

Foram condenados a 19 e 18 anos e seis meses, respectivamente, mas saíram em liberdade condicional ao fim de sete anos.

Pacto Brutal: o assassinato de Daniella Perez é o nome do documentário deste ano sobre a morte da actriz, da HBO Max Brasil, e que junta depoimentos de amigos e colegas de Daniella Perez como Cláudia Raia, Fábio Assunção, José Mayer e Betty Faria, e relatos da mãe, a argumentista de novelas da Globo Glória Peres.

Guilherme de Pádua morreu aos 53 anos, vítima de um ataque cardíaco, na sua casa em Belo Horizonte, no Brasil.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio