RCN12
Planalto Studio
Publicite

Os 21 jovens morreram sufocados, mas ninguém sabe explicar como

Em Junho deste ano, 21 jovens morreram num local de diversão em East London, na África do Sul, a mais nova tinha 13 anos. As autoridades dizem que morreram sufocados. O dono do bar foi preso, acusado de vender álcool a menores.

Por Administrador em 01/09/2022 às 12:14:39
DR

DR

Os vinte e um jovens que morreram de forma trágica, num lugar de diversão nocturna em East London, na província de Eastern Cape, na África do Sul, terão morrido sufocados, disseram alguns dos mais dos adolescentes aos jornalistas, com quem partilharam as conclusões da investigação das autoridades do departamento de saúde.

Os adolescentes - a mais nova era uma menina de 13 anos - morreram em Junho enquanto festejavam num local de diversão muito popular, num município nos arredores da cidade costeira de East London, na província de Eastern Cape.

Um porta-voz do departamento de saúde da província de Eastern Cape recusou-se a comentar os resultados da investigação e disse aos repórteres que a investigação não seria tornada pública, mas os pais falaram e partilharam com os jornalistas as conclusões do inquérito oficial.

Foram apontadas múltiplas causas para a morte dos adolescentes, incluindo envenenamento devido ao que podiam ter comido ou bebido.

"O relatório já saiu, mas não estou feliz", disse Xolile Malangeni, cuja filha de 17 anos, Esinako, está entre as vítimas. Xolile e outros pais adiantaram que os resultados foram comunicados verbalmente pelas autoridades.

Não está claro o que levou os jovens a sufocarem. A media loca informou, nesta quinta-feira, que a asfixia foi causada pela sobrelotação do local.

Em Junho, uma fonte próxima da investigação disse à Reuters que os jovens podem ter morrido envenenados por uma fuga de gás.

O dono do bar foi preso, acusado de fornecer álcool a menores.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio