RCN12
Planalto Studio
Publicite

Elon Musk continua à procura de pretextos para se desfazer do compromisso da compra do Twitter

Elon Musk e o Twitter continuam com troca de acusações numa altura em é que mais do que evidente que o multimilionário nascido na África do Sul quer rescindir a oferta de compra da rede social.

Por CSP em 30/08/2022 às 12:22:47
DR

DR

Musk entrou com mais papelada para rescindir com o acordo de compra do Twitter, desta vez com base em informações das denúncias apresentadas pelo ex-chefe de segurança do Twitter. O Twitter respondeu dizendo que tentativa de rescisão do acordo é "inválida e injusta".

Musk disse que sua equipa jurídica notificou o Twitter sobre "bases adicionais" para encerrar o acordo, além das fornecidas no aviso de rescisão original emitido em Julho.

Em carta ao Twitter Inc., que foi incluída no processo, os assessores de Musk citaram o relatório do ex-executivo Peiter Zatko – também conhecido por seu apelido de hacker "Mudge".

Zatko, que foi chefe de segurança do Twitter, demitido no início deste ano, alegou na sua queixa às autoridades dos EUA que a empresa enganou os reguladores sobre as medidas de segurança cibernética, que são fracas, e negligência na tentativa de erradicar contas falsas que espalham desinformação.

A carta, endereçada ao director jurídico do Twitter, Vijaya Gadde, disse que as alegações de Zatko fornecem razões extras para encerrar o acordo se o aviso de rescisão de Julho "for considerado inválido por qualquer motivo".

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio