RCN12
Planalto Studio
Publicite

Quenianos ainda não sabem quem será o seu próximo presidente três dias depois das eleições

A votação entre os dois principais candidatos ao cargo oscila ora para um ora para outro com diferenças mínima de pontos percentuais, sem se perceber quem será o vencedor ou se haverá mesmo uma segunda volta, e isto ao terceiro dia de contagens,

Por Cisola Silva Pontes em 12/08/2022 às 05:47:34
Presidente da comissão eleitoral queniana, Wafula Chebukati

Presidente da comissão eleitoral queniana, Wafula Chebukati

Esta manhã, o site oficial de contagem dos votos dava 49,91% a Ruto e 49,42% a Ondinga, mas daqui a uma hora ou duas o resultado pode ser outro, dentro de uma margem mínima que mantém os dois candidatos em suspenso e, com eles, a população queniana.

O responsável pela comissão eleitoral do Quénia, Wafula Chebukati, pediu às pessoas que sejam pacientes e não entrem em histeria numa altura em que os meios de comunicação social do país estão a divulgar os mais diversos resultados.

Cada partido está a fazer cálculos com base nas suas próprias contagens de mais de 46.000 assembleias de voto (praticamente o dobro do número de assembleias de voto em Angola). Mas, e tal como em Angola, só a comissão eleitoral pode declarar o vencedor.

As contas da media mostram que os dois principais candidatos - Raila Odinga e William Ruto - estão taco-a-taco, é o resultado é ainda incerto.

"Não deve haver histeria sobre as diferenças que estamos a verificar nos media. Os resultados são do mesmo portal público; a abordagem [de cada emissora] é que diferente", disse Chebukati, o presidente da Comissão Eleitoral.

Ainda assim, acrescentou que os resultados finais de encaminham para um resultado muito próximo entre os dois candidatos.

A verdade é que os media estão também eles a fazerem as suas contagens de votos, a partir dos dados recebidos das diferentes assembleias, mas a comissão eleitoral além de fazer isso mesmo, a partir do print recebido das assembleias tem de os confirmar um a um, talvez os jornalistas cheguem primeiro ao resultado, mas, oficialmente, terá que ser a comissão eleitoral a anunciá-los.

As autoridades estão actualmente comparando os resultados que a comissão recebeu a partir de uma fotografia das assembleias de voto com a folha de resultados reais que vai chegando ao centro de contagem na capital, Nairóbi. Isso para garantir que ambos os resultados correspondam, no que é um processo demorado.

Há um sentimento de ansiedade em todo o país, já que eleições disputadas no passado levaram à violência ou ao cancelamento de todo o processo.

Após a votação de 2007, pelo menos 1.200 pessoas foram mortas e 600.000 fugiram de suas casas após alegações de eleições fraudulentas que levaram à violência generalizada.

Em 2017, enormes erros logísticos levaram o Tribunal Constitucional a anular o resultado e ordenar a repetição das eleições presidenciais. As autoridades estão agora sob uma enorme pressão para não repetir os mesmos erros.

O Quénia costuma parar durante as eleições, as actividades em todo o país diminuíram e as escolas permanecem fechadas pelo menos até à próxima semana. Na zona comercial, no centro de Nairóbi, as ruas geralmente movimentadas são quase desertas.

Alegações de fraude eleitoral são tão antigas quanto o próprio país, acentuadas com as eleições multipartidárias que começaram a acontecer na década de 1990, mas a pressão por eleições livres e justas nunca deixou de se fazer sentir.

Após a violência que se seguiu às eleições de 2007, partidos políticos e activistas defenderam o uso de tecnologia em vez de registros físicos, que poderiam ser facilmente manipulados, para verificar os cadernos eleitorais.

A eleição deste ano é a terceira vez que a tecnologia é usada, mas ainda não foi realizada uma eleição que não tenha sido contestada nos tribunais.

Os primeiros relatórios, no entanto, sugerem que a comissão eleitoral do país, que tem agido de forma independente, pode ter finalmente alcançado esse objectivo com esta eleição.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio