RCN12
Planalto Studio
Publicite

Tchizé dos Santos garante que o pai está bem e que João Lourenço ainda não pode celebrar

A imprensa portuguesa, mais do que a angolana, a divulgar informação sobre o estado de saúde do antigo presidente, Tchizé dos Santos assume-se, e mais uma vez, como porta-voz da família, diz que o pai está bem e crítica o actual Presidente João Lourenço.

Por Cisola Silva Pontes em 27/06/2022 às 11:50:58
José Eduardo dos Santos, ex-presidente de Angola

José Eduardo dos Santos, ex-presidente de Angola

Tchizé dos Santos diz que o pai está "estável", mas a imprensa portuguesa tem dado conta que o antigo presidente está em estado crítico e a Camunda News sabe, através de fontes da diplomacia portuguesa, que a visita do Presidente João Lourenço à capital portuguesa tem a sua agenda condicionada a alguma eventualidade que possa acontecer na capital da Catalunha.

As notícias do último fim-de-semana davam conta que José Eduardo dos Santos padece de um conjunto situações que deterioram o seu estado de saúde, a saber: teria tido um AVC, uma queda na casa de banho da casa de Barcelona, uma súbita paragem respiratória, um peso excessivamente baixo que exterioriza a sua enorme fragilidade física.

Concretamente, não há quaisquer informações oficiais sobre o estado de saúde do ex-chefe de Estado angolano, mesmo que, há um par de semanas, o médico João Afonso tenha ficado com a tarefa de informar sobre o que se passa com José Eduardo dos Santos, uma vez que é o médico que o acompanha há mais de uma década.

Ao certo sabe-se que José Eduardo dos Santos passou pelos cuidados intensivos do Centro Médico Tekon, de Barcelona, e quando agora Tchizé vem dizer que o pai está "estável" não significa que tenha abandonado os cuidados intensivos, o que, de facto, não aconteceu.

As várias fontes contactadas pela Camunda News corroboram a ideia de que o estado de saúde de José Eduardo dos Santos "é crítico", e fontes diplomáticas contactadas em Lisboa, falaram de uma certa ansiedade por parte do Presidente João Lourenço relativamente ao estado de saúde do seu antecessor, com a agenda em Lisboa a estar condicionada ao que possa acontecer em Barcelona.

Por agora, Tchizé dos Santos, ao seu jeito desassombrado, vem dizer que o Presidente João Lourenço ainda não pode celebrar ou "abrir o champanhe".

Sobre a saúde do José Eduardo dos Santos temos, então, e de acordo com o Expresso, que teria caído na casa de banho da residência de Barcelina onde vide, mais demoradamente, desde 2019, também por razões clínicas, e que está em coma induzido desde a passada quinta-feira, dia 23 de Junho.

O mesmo jornal admite que Ana Paula dos Santos, recentemente reconciliada com o ex-marido, José Eduardo dos Santos, tem sido a interlocutora do Presidente João Lourenço para saber de notícia sobre o estado de saúde do presidente emérito do MPLA.

Percebe-se que a Presidência angolana escolha Ana Paula dos Santos, uma vez que João Lourenço tudo tem feito para se assumir como o inimigo número um de Isabel dos Santos, não perdendo uma oportunidade para se referir à filha mais velha do antigo presidente em tom sempre depreciativo, ainda este fim-de-semana o fez no seu discurso na Lunda Sul num comício do MPLA.

De acordo com a notícia do Expresso, assinada por Gustavo Rosa, a viagem de José Eduardo dos Santos ao Dubai, onde terá contraído a covid-19, ainda debilitou mais o seu estado de saúde.

Quando passou por Luanda, em Setembro do ano passado, José Eduardo dos Santos pesava cerca de 50 quilos, ainda assim, e "por razões de segurança", recusou sempre ser diagnosticado pelos médicos da Clínica Girassol e deu instruções ao seu médico particular para que não revelasse a ninguém que problema de saúde o afectava, instruções que mais tarde viria a corrigir dando indicação para que o médico fosse o único a dar informações sobre o seu estado de saúde, acontece é que João Afonso se mantém em silêncio, ou, pelo menos, não informa a opinião pública e não põe fim a uma onda de especulação.

Ainda em Luanda, José Eduardo dos Santos, e transportado numa cadeira de rodas, foi visto pelo corpo clínico do Medical Center, uma unidade de saúde privada que conta com médicos especialistas israelitas e portugueses.

Também em Luanda, recebeu, no Miramar, a visita do Presidente João Lourenço, sem que nada de substantivo viesse a mudar na relação do Governo com a família dos Santos, além da reconciliação surpresa de José Eduardo com a última ex-mulher, Ana Paula, com quem viveu por mais de duas décadas.

"A detenção de José Filomeno dos Santos e as pesadas sanções aplicadas pela justiça angolana à filha mais velha, Isabel dos Santos, através da apropriação dos seus activos e da ameaça de um mandado de captura internacional, são vistos em diversos meios como factores que também concorreram para acelerar a degradação do seu estado de saúde", escreveu Gustavo Rosa.

A mesma notícia acrescenta que o ex-presidente está num estado de profunda depressão.

"É nestas circunstâncias em que, e com a antiga família presidencial dividida, Angola acompanha, agora, a luta entre a vida e a morte que está a ser travada pelo homem que, durante 37 anos, conduziu o país com punhos de ferro", pode ler-se no Expresso.

Quem não se conforma com a presença de Ana Paula dos Santos, em Barcelona, é Tchizé dos Santos, a filha que o antigo presidente teve com Maria Luísa Abrantes.

Numa série de áudios divulgados também através de grupo do WhatsApp, Tchizé garante que o pai se encontra estável e que não é desta que o Presidente João Lourenço "vai abrir o champagne".

"Sabendo que o outro estava mal de saúde, este senhor falou mal dos filhos de JES (José Eduardo dos Santos) na conferência de imprensa e vem agora vem dizer que ligou para a esposa, que nos últimos quadro anos apenas privou com as pessoas durante dois meses, agora liga? Isso nos faz pensar muito", continua Tchizé, perguntando ainda "não ligou para Isabel dos Santos porquê? Se é ela que está ao lado do paciente?".

E garante que o pai "não teve AVC (Acidente Vascular Cerebral), nem ataque de coração, também não tem cancro na próstata e o seu estado de saúde é estável" e a "recuperar bem, graças a Deus".

"Ele (Presidente João Lourenço) que ponha no gelo e guarde por muitos mais anos", conclui Tchizé dos Santos.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio