RCN12
Planalto Studio
Publicite

O aborto será proibido em pelo menos 13 estados

A anulação da Roe v. Wade pelo Supremo Tribunal norte-americano provocou um efeito em cascata de legislação anti-aborto, vários estados vão proibir o aborto dentro de 30 dias.

Por Cisola Silva Pontes em 25/06/2022 às 14:21:34
DR

DR

O presidente Joe Biden chamou um "trágico erro" à decisão do Supremo Tribunal norte-americano, claramente de maioria conservadora e fazendo eco dos movimentos pró-vida, mais conotadas com a direita e extrema-direita, de reverter a decisão Roe v. Wade que tem feito jurisprudência desde 1973.

Nos Estados Unidos assiste-se agora a um efeito em cascada, com os estados mais conservadores a alterarem a lei e prevê-se que pelo menos 13 estados venham a proibir o aborto nos próximos trinta dias.

Em 20 estados e no Distrito de Columbia, onde se situa a capital federal dos Estados Unidos, o direito ao aborto continuará protegido.

As leis anti-aborto condenam o aborto mesmo em caso de violação ou incesto, deixando só como excepção em caso da vida da mãe estar em risco.

Os estados em que o direito ao aborto está protegido são: Alasca, Califórnia, Colorado, Connecticutt, Delaware, District of Colombia, Hawai, Illinois, Maine, Maryland, Minnessota, Nevada, New Jersey, Novo México, Nova Iorque, Rhode Island, Oregon, Vermont e Washington.

Entre aqueles que ainda não se sabe estão: Arizona, Florida, Kansas, Michigan, Montana, Nebraska, Carolina do Norte, Pensilvânia, Virgínia e Wisconsin.

Os estados que já baniram o aborto ou o devem fazer nos próximos trinta dias estão: Alabama, Arkansas, Georgia, Idaho, Indiana, Iowa, Kentucky, Louisiana, Mississipi, Missouri, Dakota do Norte, Ohio, Oklahoma, Carolina do Sul, Dakota do Sul, Tennessee, Texas, Utah, West Virginia e Wyoming.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio