RCN12
Planalto Studio
Publicite

Presidente da UNITA pode ser licenciado em Engenharia, mas a universidade em que refere ter-se licenciado desmente

Após algum tempo em que quase que já não se falava do assunto, surge a Revista Sábado a desvendar, o mistério à volta do grau académico de Adalberto Costa Júnior, presidente da UNITA.

Por Fabio Caldeira em 08/06/2022 às 12:46:20

A Revista portuguesa, Sábado, na sua edição desta quarta-feira, 8 de Junho, diz ter recebido a garantia do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) de que o presidente da UNITA não se formou naquela instituição.

Na referida matéria de mais de uma página em que o órgão português assume ter recebido garantias do ISEP, não expõe nenhum documento, mas assegura ter conseguido após quatro meses de espera uma "carta de reposta" por parte do Instituto Superior de Engenharia do Porto, entidade que a UNITA em diversos fóruns garantiu que o seu líder frequentou e concluiu os estudos na década de 1980.

No texto, que despensa qualquer esforço de interpretação, a Revista Sábado diz que o ISEP desmente a UNITA, e que o Galo Negro, através dos seus membros, remete-se ao silêncio em relação ao facto.

Entretanto, para o caso, a Revista não limitou-se a buscar a verdade junto do ISEP, contactou também alegados amigos de longa dada de Adalberto Costa Júnior, que não confirmam nem desmentiram sobre se o líder da UNITA estudou mesmo no ISEP. Os referidos amigos, de acordo com a publicação, optaram apenas por destacar a "inquestionável capacidade discursiva e argumentativa do presidente do Galo Negro".

Reinaldo Bessa, um dos alegados amigos de ACJ contactados pela Sábado, contou que Adalberto Costa Júnior "foi sempre muito misterioso", que nunca "partilhou com os amigos (até os mais próximos) sobre o que fazia ou deixava de fazer".

"Ele [ACJ] era um diplomata bem-falante. Sempre a fazer contactos, reuniões em Lisboa e no Porto. A ideia que tínhamos do Adalberto é que ele era uma espécie de comercial da UNITA, que angariava fundos para o movimento. Mas atenção que nunca nos falava do que fazia", disse Reinaldo Bessa citado pela Sábado.

Um outro amigo de ACJ, que por sinal engenheiro (escreve a Revista) Paulo Cabral, diz ter estudado com Adalberto no ensino médio, da 10ª até a 12ª na escola Alexandre Herculano, no Porto. Paulo Cabral, ao contrário do primeiro interlocutor, não tem dúvidas de que Adalberto Costa Júnior estudou engenharia no ISEP, e conta que, ao terminarem juntos o ensino médio, ele [Paulo Cabral] foi inscrever-se na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, e Adalberto Costa Júnior no ISEP.

A Camunda News contactou altos membros da UNITA, como o seu secretario-geral, Álvaro Chikuamanga Daniel, bem como o seu secretário provincial em Luanda, Nelito Ekuikui, mas afirmaram indisponibilidade face à reunião do Comité Permanente, que decorre nesta quarta-feira.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio