RCN12
Planalto Studio
Publicite

Presidente autoriza o reforço de verbas para a construção do Cefojor no Huambo

Novo Centro de Formação Profissional de Jornalistas (Cefojor) do Huambo ainda não está construído e já mereceu duas iniciativas do Presidente da República com vista ao financiamento para a construção da infra-estrutura. A mais recente, é o decreto presidencial de 13 de Maio, em que se autoriza a abertura de uma linha de crédito no valor global de 14,7 mil milhões de kwanzas.

Por CSP em 17/05/2022 às 13:29:27
DR

DR

O contrato de abertura da linha de crédito no referido valor deve ser celebrado entre o Ministério das Finanças e o Banco de Fomento Angola (BFA).

O Presidente João Lourenço autorizou a celebração do contrato no valor global de 14,7 mil milhões de kwanzas para a construção do Centro de Formação de Profissional de Jornalistas (Cefojor), na província do Huambo.

A autorização vem descrita no despacho presidencial nº117/22 de 13 de Maio, onde é autorizada a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, a assinar o referido contrato bem como toda a documentação relacionada.

Mas esta não é a primeira medida que o Presidente da República toma para que a nova infra-estrutura para formação profissional de jornalistas fora de Luanda – por agora só existe uma na capital – seja uma possibilidade.

A primeira foi em Novembro de 2021, quando, e por ajuste directo, foi atribuída à Omatapalo, um contrato de mais de 23 milhões de dólares para a construção do novo centro de formação, no entanto, a linha de crédito agora autorizada é de 35,5 milhões de dólares.

Entre Novembro de 2021 e Maio de 2022 a obra ficou 12 milhões de dólares mais cara. É evidente que há um aumento de preço generalizado nos mercados internacionais, mas, e a este ritmo, é difícil prever quanto o Governo vai pagar à Omatapalo para a construção da obra.


Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio