RCN12
Planalto Studio
Publicite

Ex-banqueiro português encontrado morto na cela da prisão de Westville

João Rendeiro, o ex-banqueiro português, fugido à justiça e capturado na África do Sul, com o apoio das autoridades angolanas, foi encontrado morto na cela da prisão de Westville, em Durban, na África do Sul. As autoridades investigam as causas da morte do ex-banqueiro.

Por CSP em 13/05/2022 às 05:44:04
DR

DR

As circunstâncias da morte ainda estão sob investigação das autoridades locais, na cadeia de Westville, em Durban.

O antigo banqueiro, que foi capturado em 11 de dezembro do ano passado naquele país depois de ter fugido de Portugal para não cumprir pena no processo relacionado com um banco privado que geriu, encontrava-se ali preso há seis meses enquanto se opunha ao pedido de extradição. Estava numa cela de 80 metros quadrados com cerca de 50 reclusos.

A 17 de Dezembro, Rendeiro viu-lhe ser a medida de coação mais gravosa e ficou em prisão preventiva no estabelecimento prisional de Westville.

O ex-banqueiro foi condenado em três processos distintos relacionados com o colapso do banco que dirigia, tendo o tribunal dado como provado que retirou do banco 13,61 milhões de euros. Das três condenações, apenas uma transitou em julgado e não admite mais recursos, com João Rendeiro a ter de cumprir uma pena de prisão efectiva de cinco anos e oito meses.

João Rendeiro foi ainda condenado a 10 anos de prisão num segundo processo e a mais três anos e seis meses num terceiro processo, sendo que estas duas sentenças ainda não transitaram em julgado.

O colapso do Banco Privado Português (BPP), que Rendeiro geria, em 2010, lesou milhares de clientes e causou perdas de centenas de milhões de euros ao Estado.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio