RCN12
Planalto Studio
Publicite

Porta-voz do Governo da Somália ferido em ataque bombista

O porta-voz do Governo da Somália Mohamed Ibraim foi ferido neste domingo 16, em consequência de um atentado bombista suicida na capital do país, em Mogadíscio.

Por Márcia Cordeiro em 17/01/2022 às 11:08:07
Porta-voz do Governo da Somália ferido em ataque bombista

Porta-voz do Governo da Somália ferido em ataque bombista

A informação foi avançada pelo gabinete do primeiro-ministro que adiantou que os ferimentos que porta-voz do Governo da Somália Mohamed Ibraim, teve não põem em risco a sua vida.

O ataque aconteceu perto da sua residência num cruzamento movimentado na capital somali, que Logo após o acontecimento, vários fotos e vídeos supostamente gravados no local do incidente apareceram nas redes sociais.

De acordo com um agente da Policia presente no local, um homem-bomba pulou no veículo que transportava o porta-voz do governo.

"Ele teve sorte de sobreviver ao ataque e sofrer ferimentos leves", disse Mohamed Farah, policial presente no local do ataque.

As testemunhas disseram a Reuters que o agressor tentou se agarrar a seu carro antes de detonar a bomba, que deixou o veículo parcialmente destruído.

Segundo um ativista da sociedade civil daquele País Mohamed Abdulaziz Omar disse que Tais ataques são acções de motivação puramente política, acrescentando que também ocorreram em eleições passadas na nação do Corno de África.

Mohamed Abdulaziz diz ainda que era esperado que ataques do género aumentassem à medida que as tensões na Somália se agravam, devido a uma eleição nacional que há perto de um ano tem sido adiada.

Em consequência da explosão outras duas pessoas também ficaram feridas, Testemunhas no local confirmaram que o agressor se apoiou no carro antes que se ouvisse uma forte explosão.

Em uma nota, os rebeldes do Al Shabab assumiram a autoria do atentado.

O porta-voz do governo Somáli é um antigo jornalista do Serviço Somali da emissora britânica BBC e liderou o sindicato dos jornalistas, a Federação de Jornalista Somális.

No passado mês de Novembro o director da rádio governamental somáli Mohamed Guled foi morto num ataque semelhante.

De recordar que na passada segunda-feira passada (10), eles já haviam cometido outro ataque parecido em Mogadíscio, que deixou quatro mortos.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio