RCN12
Planalto Studio
Publicite

Celebração do centenário de Agostinho Neto está orçado em 600 milhões de kwanzas

A celebração do centenário de Agostinho Neto, previsto para este ano, terá um custo de 600 milhões de kwanzas ao Estado angolano.

Por Divânia Nascimento em 13/01/2022 às 12:57:54
Celebração do centenário de Agostinho Neto está orçado em 600 milhões de kwanzas

Celebração do centenário de Agostinho Neto está orçado em 600 milhões de kwanzas

O primeiro presidente da República de Angola, Dr. Agostinho Neto, completará 100 anos de nascimento dia 17 de setembro do presente ano, data que se tornou feriado nacional, por ser intitulado como o dia do Herói Nacional.

Por este motivo, em junho de 2021, o chefe de estado, João Lourenço, solicitou a criação de uma comissão interministerial para a organização das acções comemorativas alusivas ao centenário de António Agostinho Neto, que será dirigido pelo ministro de Estado e Chefe da Casa Militar, Adão de Almeida.

Os custos serão imputados a Presidência da República, cujo valor será de 600 milhões de kwanzas.

No entanto o OGE 2022, pretende fazer chegar as suas considerações contributivas de 1,5 mil milhões kz um equivalente 2,7 milhões USD para gastos do Memorial, sendo que, 1,4 mil milhões kz serão destinados para a rubrica de despesas em bens e serviços, cita o Novo Jornal.

De referir que no documento datado de 2021 foram destinados ao Memorial 829,3 milhões de kwanzas.

Em detrimento dessa solicitação, exigida por João Lourenço, a Adão de Almeida, integram também outros ministros dentre eles, o ministro da Administração do Território, Marcy Lopes, da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos, bem como do Interior, Eugénio Laborinho e das Relações Exteriores, Téte António.

Porém na mesma comissão, a ministra das Finanças e o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, assim como, as ministras da Educação e a da Juventude e Desportos, os ministros da Cultura, Turismo e Ambiente, os governadores provinciais, o director do Cerimonial do Presidente da República, o presidente do conselho de administração do Memorial António Agostinho Neto, integram a comissão com o objectivo de organizarem os preparativos para efectivamente haja uma comemoração condigna desta data histórica e de relevância grande povo angolano, refere o despacho presidencial 82/21.

De recordar que o Dr. António Agostinho Neto, nasceu a 17 de setembro de 1922, na aldeia de Kaxikane, município de Icolo e Bengo, na província de Bengo, proclamou a independência a 11 de Novembro de 1975, e veio a falecer a 10 de setembro em Moscovo, antiga União das Repúblicas socialista Soviéticas, após ter sido submetido a uma cirurgia.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio