RCN12
Planalto Studio
Publicite

Julgamento de Carlos de são vicente marcado para dia 26 de janeiro

O julgamento do empresário Luso- angolano, Carlos São Vicente, que foi detido a 22 de Setembro de 2020, por suspeita de crimes de peculato e branqueamento de capitais, está marcado para o dia 26 de janeiro, na 3.ª Secção Criminal do Tribunal da Comarca de Luanda.

Por Isaac Sócrates em 13/01/2022 às 12:33:20
Julgamento de Carlos de são vicente marcado para dia 26 de janeiro

Julgamento de Carlos de são vicente marcado para dia 26 de janeiro

Carlos de são vicente, dono da AAA Seguros, foi detido a 22 de Setembro de 2020 depois de ter sido constituído arguido por suspeita de crimes de peculato e branqueamento de capitais e encontra-se preso desde então alegando as autoridades Angolanas que ele lesou a petrolífera estatal Sonangol em por via de um desvio de mais de 900 milhões de dólares.

O Jurista Simão Cololo, falando a Camunda News, fez saber que este processo não trouxe novidades, porque segundo ele o que foi feito que se fez cumpriu o formalismo relativamente o código penal, no seu artigo 361, na qual fala sobre a marcação da data da audiência.

Para o jurista, cumpriu assim todos formalismos no âmbito do processo, remetidos por outros juízes, onde o juiz da causa após ter recebido contestação num período de 15 a não superior a 30 dias, deve marcar o dia do julgamento e é isto que foi marcado a nível do referido processo.

Já o outro jurista Agostinho Paulo, entende que audiência do julgamento, marca o começo do processo como tal, na medida em que no acto do julgamento serão provadas todas aquela as acusações que foram movidas pelo ministério público.

Segundo os advogados do empresário Angolano, casado com Irene Neto, filha do primeiro Presidente angolano, António Agostinho Neto, reclamam a inocência de São Vicente, o principal objetivo das autoridades angolanas foi "arranjar um bode expiatório para o povo angolano" e apoderar-se dos bens do empresário que estão congelados na Suíça, num "contexto de crise económica e social sem precedentes em Angola".

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio