RCN12
Planalto Studio
Publicite

Príncipe britânico poderá responder criminalmente as acusações de abuso sexual

O filho da rainha da Inglaterra Isabel II, príncipe André vai responder criminalmente as acusações de abuso sexual contra menor supostamente cometido em 2001 após o juiz norte-americano ter decidido dar sequência ao caso.

Por Teresa Cabari em 13/01/2022 às 05:59:24
Príncipe britânico poderá responder criminalmente as acusações de abuso sexual

Príncipe britânico poderá responder criminalmente as acusações de abuso sexual

No ano passado, a norte-americana Virginia Giuffre, denunciou a prática de abuso sexual cometido contra ela em 2001, supostamente pelo príncipe da Inglaterra, quando ela tinha apenas 17 anos de idade.

Segundo a vitima, não denunciou antes porque havia feito um acordo em 2009 com o falecido milionário Jeffrey Epstein, para não processar o príncipe tão pouco outros potenciais arguidos.

No entanto, o príncipe negou todas as acusações, pedindo que o caso seja arquivado, porém, o juiz Lewis Kaplan decidiu que a moção de rejeição da ação civil apresentada no verão de 2021 por Virginia Giuffre, uma das vítimas dos crimes sexuais do empresário multimilionário norte-americano Jeffrey Epstein, deve ser "negada em todos os aspetos".

A defesa do príncipe britânico defendeu a rejeição do arquivamento desta queixa com base no facto de Virginia Giuffre ter assinado um acordo em 2009 com Epstein para não o processar a ele ou a "outros potenciais arguidos", argumento que foi rejeitado pelo juiz na decisão de terça-feira, tornada pública esta quarta-feira.

Segundo o juiz, se todos os recursos do príncipe André se esgotarem, um julgamento civil pode ser realizado "entre setembro e dezembro" deste ano.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio