RCN12
Planalto Studio
Publicite

Falso médico condenado a oito meses de prisão

O tribunal da Comarca do Dande condenou nesta segunda-feira 10, um cidadão que se fazia passar por enfermeiro no hospital geral do Bengo, a oito meses de prisão efectiva.

Por Márcia Cordeiro em 11/01/2022 às 19:49:34
Cidadão que se fazia passar por falso médico condenado a oito meses de prisão

Cidadão que se fazia passar por falso médico condenado a oito meses de prisão

Trata-se de um cidadão de 26 anos de idade, detido pelo Serviço de Investigação Criminal, na última sexta-feira 7, tendo o mesmo em tribunal confessado o crime e afirmou que há muito que exercia a atividade de forma ilegal.

À Rádio Nacional De Angola, o responsável dos Serviços Gerais daquela unidade sanitária, Mauro Silva, revelou que já suspeitava do falso colega há muito tempo.

"Quando fui fazer a minha ronda no Banco de urgência, encontrei ele e fazer o registro no livro dos registros, então sendo uma pessoa estranha nunca tinha o visto no hospital, perguntei ao meu colega e o mesmo disse que também não o conhecia" explicou o responsável

Por sua vez Mauro Silva disse que ainda tentou conversar com o agora réu, que não foi coerente no seu discurso, o que fez suscitar uma grande desconfiança.

"Então tive que procurar saber quem ele é, durante o processo de identificação o mesmo apresentava muitas dúvidas no seu discurso, em seguida o encaminhei a área de recursos humanos que confirmaram que o mesmo não era quadro daquela unidade hospitalar"

O reú foi condenado pelo crime de exercício ilegal de profissão, previsto e punível nos termos do artigo 210 do código penal pelo juiz da causa Angelino Alcides katenda.

Fonte: RNA

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio