RCN12
Planalto Studio
Publicite

UNITA suspende Katchiungo que disputou a corrida eleitoral à UNITA em 2019 por alegada conspiração ao ACJ

A Comissão Política da UNITA suspendeu esta quarta-feira, 01, José Pedro Kachiungo, que disputou a corrida eleitoral à UNITA em 2019, que Adalberto da Costa Júnior venceu. Gravação áudio comprometedora na origem do afastamento do histórico militante do 'Galo Negro'.

Por Isaac Sócrates em 03/12/2021 às 12:37:53
UNITA suspende Katchiungo que disputou a corrida eleitoral à UNITA em 2019 por alegada conspiração ao ACJ

UNITA suspende Katchiungo que disputou a corrida eleitoral à UNITA em 2019 por alegada conspiração ao ACJ

Esta suspensão aconteceu depois de terem sido comprovadas acusações de conspiração contra o partido e alguns membros, segundo uma fonte da UNITA, que disse ao Novo Jornal que entre as várias provas contra José Pedro Katchiungo foi apresentada uma comprometedora gravação (em áudio) que o histórico do partido partilhou com uma terceira pessoa no passado mês de Outubro, logo após a divulgação do acórdão do Tribunal Constitucional (TC).

Kachiungo foi o menos votado entre todos os candidatos (Adalberto Costa Júnior, Alcides Sakala, Abilio Kamalata Numa e Raul Danda), arrecadando apenas 10 votos.

No áudio é ouvida a voz do ex-candidato à liderança do "Galo Negro" dizendo que "a UNITA não pode ser liderada por um mestiço" e prometendo ir até às últimas consequências para travar a ascensão de Adalberto Costa Júnior.

Para além de José Pedro Katchiungo foram ainda suspensos preventivamente os militantes José Eduardo e Altino Kapango.

A decisão da Comissão Política da UNITA foi tomada na reunião preparatória do XIII Congresso do partido que começa hoje em Luanda e decorre até ao próximo sábado, 04.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio