RCN12
Planalto Studio
Publicite

TAAG anuncia voo de repatriamento para a África do Sul

A Taag, linhas aéreas de Angola, anunciou um novo voo de repatriamento para a África do Sul, desta vez para a Cidade do Cabo, na quinta-feira, devido à suspensão de voos afim de se conter a propagação da nova variante da covid-19.

Por Divânia Nascimento em 01/12/2021 às 12:28:11
TAAG anuncia voo de repatriamento para a África do Sul

TAAG anuncia voo de repatriamento para a África do Sul

O voo tem partida prevista às 18:00 de Luanda, devendo sair da Cidade do Cabo para regressar à capital angolana às 23:59.

A companhia aérea, da Taag, já iniciou os voos de repatriamento a partir da África do Sul, Moçambique e Namíbia, na terça-feira, 30 de novembro, para fazer regressar os passageiros que se encontram nestes países depois de Angola anunciar que iria encerrar fronteiras com sete países africanos, dentre eles, África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Malawi, Moçambique, Namíbia e Zimbabué, a partir de hoje, 01 de dezembro.

Desta forma, os cidadãos nacionais terão de fazer uma quarentena domiciliária de 14 dias, segundo o último decreto presidencial que actualiza as medidas de prevenção e combate à covid-19.

De referir, que vários países, incluindo Portugal aplicaram já restrições de voos com alguns países africanos, depois de ser identificada a nova variante do coronavírus, Ómicron, na África do Sul, que segundo a Organização Mundial de Saúde, pode implicar maior contágio devido a "um elevado número de mutações".

A nova variante do coronavírus, identificada como B.1.1.529 e batizada com a letra grega Ómicron pela OMS, foi divulgada na quinta-feira passada, 25 de novembro, por cientistas e autoridades sanitárias sul-africanas, de acordo com amostras recolhidas entre 14 e 16 de novembro.

Comunicar erro
Restaurante

Comentários

Banner_Animado_Planalto_Studio